Alternativas para o Varejo driblar a crise

“As vendas crescem de duas maneiras: pelo crescimento do mercado ou pela conquista de novos clientes, vindos dos concorrentes”.
Gilclér Regina  é Escritor e Palestrante Profissional. Uma pessoa simples que se transformou num dos mais reconhecidos Conferencistas do país, com atuações também no exterior.
            Gilclér Regina
é Escritor e Palestrante  Profissional.
Uma pessoa simples que se transformou num dos mais reconhecidos Conferencistas do país, com atuações também no exterior.

O VAREJO só “rouba” clientes do seu concorrente se for mais eficiente que ele. Mas, a visão principal é que a crise pode também trazer oportunidades.

A grande virtude de uma crise é que ela é desconfortável e como nós gostamos de conforto, lutaremos para voltar a ele.

É nesta hora que a maioria (aqueles que seguem a manada) apenas quer oportunizar demissões, fechamentos de lojas e ir por caminhos de redução…

PORÉM, alguns outros têm a visão de treinar mais sua equipe, investir mais na qualidade e garantir novos clientes com a excelência dos seus serviços agregados à qualidade de produtos, ponto de venda, variedade, conforto do local etc.

Sempre afirmei (apesar do momento mais difícil) que não existe mercado parado, existe gente parada.
Sim, é uma metáfora que se encaixa perfeitamente no mercado. Este só caminha por ação, nunca por omissão.

Algumas dicas:

1. Mapear e repensar sua política de atendimento ao cliente;

2. Dar mais autonomia a equipe para resolver problemas;

3. Comunicar sempre a sua equipe a importância de ATENDIMENTO em todos os cargos;

4. Não filtrar problemas para que não cheguem à direção (em questões de atendimento);

5. Recompensas de vendas vinculadas a atendimento e satisfação do cliente.

Pense nisso, tenha um bom mês, um forte abraço e esteja com Deus!

Deixe uma resposta