Feira foi sucesso de público e negócios

Fabricantes de peças e equipamentos para automóveis e motos do Brasil participaram, em Fortaleza, da edição de 2016 da AUTOP. A feira começou no dia 10 de agosto e seguiu até o sábado, dia 13. O Centro de Eventos do Ceará reuniu peças e acessórios automotivos de várias empresas brasileiras em 135 estandes. A estimativa é de que tenha havido um fluxo de negócios de aproximadamente R$ 80 milhões. E como já é de costume, marcamos presença no evento e trazemos em primeira mão, no Brasil Peças, o que de melhor aconteceu por lá.

O evento foi uma realização do Sistema Sincopeças/Assopeças (Ce), que ofereceu aos participantes uma estrutura e suporte para novos negócios e parcerias. Estiveram presentes 154 expositores com 167 marcas, indústrias nacionais e multinacionais, tais como: Schaeffler (Luk, Ina e Fag), Eaton, Dayco, Continental, Bosch, Urba Brosol, NGK NTK, Durametal, BorgWarner, Dana, Mann Filter, Mobensani, Tecfil, Tecnomotor, Schadek, etc. Nesta edição, uma das grandes novidades foi a participação exclusiva de fabricantes, diferente das edições anteriores, que contaram com a presença de distribuidores. A decisão visou contribuir para o fortalecimento do evento em nível nacional.

Á área ocupada foi de doze mil metros quadros. O público visitante e a grande oferta de produtos e novidades geraram um cenário favorável às empresas que apostaram na Autop 2016. Os resultados surpreenderam os organizadores. Um balanço geral apontou que foram gerados oitenta milhões em negócios concretizados e prospectados.

Durante a abertura da feira, que contou com a presença de um público altamente qualificado, o Secretário de Assuntos Internacionais do Governo do Estado do Ceará, Antônio Balhmann, e o presidente da Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (ADECE), Ferrucio Feitosa, apresentaram a Companhia Administradora da Zona de Processamento de Exportação do Ceará, (ZPE Ceará), e mostraram a estrutura idealizada para receber grandes investidores do Polo Metalomecânico. Em seguida aconteceu a posse na nova diretoria do Sincopeças Brasil, quando o presidente do Sistema Sincopeças/Assopeças (Ce), Ranieri Leitão, assumiu a presidência da entidade nacional.

O evento foi um estímulo à capacitação para o mercado de trabalho e qualificação na prestação dos serviços. A Autop 2016 possibilitou também formação técnica. Foram oferecidos 47 cursos e palestras, que aconteceram em três auditórios e na Arena da Oficina Modelo. Os visitantes também conheceram a Oficina Modelo, uma estrutura de alto nível montada dentro do evento, equipada e organizada para oferecer uma visão ampla e estratégica do negócio aos donos de oficinas, desde a parte estrutural, a disposição de produtos, equipamentos até o atendimento ao público. Caravanas de várias regiões do Ceará e de outros estados do Norte e Nordeste participaram da Autop 2016.

Para organização da Autop 2016, o Sistema Sincopeças/Assopeças (Ce) contou com o trabalho da Ikone Eventos, empresa cearense com mais de 22 anos de mercado e reconhecida pela organização de grandes eventos nacionais e internacionais.

Sem competir com o turismo

Disputando a atenção com as belezas naturais de Fortaleza, a Feira foi realizada em horário diferente do comercial. Durante os dias de evento, o público teve a oportunidade de acompanhar os estandes entre os horários de 16h e 22h, o que garantiu a participação de mais profissionais locais e a possibilidade de quem foi ao Ceará para a AUTOP, conhecer um pouco mais do estado na parte da manhã.

O Evento garantiu aos visitantes cearenses que pudessem manter suas rotinas profissionais, e a quem foi ao Cerá acompanhar a Feira, o início da tarde proporcionou a possibilidade de conhecer as belezas de Fortaleza, capital do estado.

São 145.693 quilômetros quadrados de praia, serra e sertão que fazem do Ceará um dos principais roteiros turísticos do Brasil e do mundo.

Fortaleza é uma metrópole moderna que oferece aos seus milhares de visitantes diversão garantida e uma infinidade de atrações turísticas.

Pontos turísticos como a Praia do Futuro, a apenas 10 km de distância do Centro da Cidade, a Praia de Mucuripe, a Praia de Iracema, a Catedral de Fortaleza, o Mercado Central abrilhantaram ainda mais a viagem de quem foi até lá conferir o evento. Além de vários outros pratos de destaque na culinária local, a viagem foi uma oportunidade de conhecer o caranguejo mais famoso do País.

Durante a AUTOP 2016, o Brasil Peças conversou com algumas das maiores marcas da reposição nacional e traz para você o pensamento das empresas sobre alguns temas. Confira alguns nomes do Setor que marcaram presença na Feira.

A contribuição e a importância da AUTOP no mercado nacional

“A AUTOP, é uma Feira bem tradicional na região Nordeste, uma região bem representativa no mercado, que tem crescido bastante em termos de frota. Para a NGK sempre foi, e continua sendo, uma região muito relevante. Como a AUTOP ocorre entre as edições da Automec, para nós é uma ótima alternativa para estar em contato com grandes clientes, grandes distribuidores que prestigiam o evento.”

Impacto do momento pelo qual o País passa nas atividades da empresa e o que foi feito para manter o volume de negócios

A NGK trabalha com planejamento anual e dentro dos resultados que projetamos, temos tido os resultados esperados. A empresa conseguiu se manter apesar da crise no País. O mercado de reposição como um todo continua gerando volume. Outra coisa que auxilia a NGK é a manutenção dos nossos produtos não ter um valor muito alto e ser ligado diretamente ao funcionamento do carro.
No caso do trabalho de fornecimento, houve impacto na operação da NGK, mas algo que foi compensado pela participação que se manteve na reposição e aumentou na exportação. Para a NGK, está sendo um ano dentro do possível, bem proveitoso.

Marcos mossoO que a empresa espera para os próximos meses

Neste ano, além dos produtos tradicionais, a NGK está apostando em lançamentos, como o das velas especiais do tipo Iridium e Platina (G-Power), que tem um eletrodo com um diâmetro menor, o que melhora muito a ignibilidade do motor, o funcionamento do motor, uma tendência dos veículos mais novos. Já começamos as vendas e o resultado tem sido acima do esperado. Tudo isso vem contribuindo para a manutenção e melhora de nossos resultados. O que deve se manter no curto e médio prazo, pelo menos.
 Marcos Mosso, Chefe de Marketing da NGK no Brasil

A contribuição e a importância da AUTOP no mercado nacional

A autop contribui muito para o profissionalismo da região, é tradicionalmente uma Feira muito séria e que ativa muitos negócios no eixo Norte-Nordeste.

Impacto do momento pelo qual o País passa nas atividades da empresa e o que foi feito para manter o volume de negócios

O mercado de reposição sempre foi o último a parar e o primeiro a retomar. Já temos experiências em crises, estávamos um pouco ‘mal (ou bem) acostumados’ sem essa bagunça. A ISAPA criou uma campanha chamada ‘CLIENTE FIEL’, beneficiamos a isapa-gerenteconstância de compras, dando desconto progressivos, o que gerou resultados positivos.

O que a empresa espera para os próximos meses

A mudança do governo deu uma luz no fim do túnel para todos, se a taxa de juros cair e o dólar se estabilizar
num patamar seguro, voltamos a crescer muito além do esperado.
                                                                                                                                         

   Marcelo Martins, Gerente Regional da ISAPA

A contribuição e a importância da AUTOP no mercado nacional

Reunir as pessoas do setor de autopeças em um evento sempre contribui positivamente. Além de revermos velhos parceiros temos a oportunidade de conhecer novos. Temos a chance de mostrar um pouco da nossa empresa e o que temos a oferecer.

Impacto do momento pelo qual o País passa nas atividades da empresa e o que foi feito para manter o volume de negócios

Acredito que por conta da economia conturbada, o mercado de carros usados ficou mais em evidência em relação ao de novos. E são justamente estes que exigem mais manutenção, que é onde nós nos posicionamos. A vetor não usou nenhum mecanismo inovador. Simplesmente continuamos preocupado a fornecer produtos de qualidade e bons serviços que é o que um mercadovetor-diretor-presidente instável merece.

O que a empresa espera para os próximos meses

Realmente este segundo semestre vem apresentando um cenário mais otimista. Acho que as mudanças políticas que aconteceram nos últimos meses contribuíram para isso. Somos um povo que sempre conseguiu vencer em meio às dificuldades de uma maneira ou de outra. E é com esse espírito brasileiro de não desistir nunca que vamos superar este momento e sair mais fortes do que nunca.

   Adamo Zen, Diretor-Presidente da Vetor Automotivos

Palestras e cerimônia de posse

Além da tradicional troca que ocorre em eventos do setor, como oficinas modelos, distribuição de materiais técnicos das marcas presentes e os negócios que são gerados, chamou a atenção na AUTOP 2016 a cerimônia de posse de Ranieri Leitão a frente da Sincopeças Brasil e a quantidade e a qualidade das palestras dadas por profissionais do mais alto gabarito e atuantes no setor. Talvez a mais importante tenha sido com Diego Riquero, profissional do Centro de Treinamento da Bosch, sobre “Novas Técnicas Automotivas”.

Ranieri Leitão, presidente do Sincopeças Brasil, falou sobre o resultado da Feira e destacou os pontos que considerou positivos.

“O Saldo da AUTOP 2016 foi ainda mais positivo do que nós esperávamos, deixou, não só a mim, mas a nossa diretoria, nossa equipe, todo mundo feliz. Espero que possamos com essa Feira ter contribuído para o fortalecimento do setor de autopeças e reparação automotiva. Não só no Ceará, mas em todo Norte e Nordeste do nosso País”.

Ranieri Leitão, aproveitou ainda para fazer um agradecimento a todos que contribuíram, em um momento difícil do setor, para o sucesso da Feira.

“Agradeço a todos os nossos expositores, agradeço a todos os participantes, por estarem conosco trazendo essa energia positiva. E quero parabenizar os negócios que foram realizados na AUTOP 2016 e dizer, que vamos, já de agora, nos preparar para fazermos uma AUTOP 2018 ainda melhor”, finalizou o presidente.

Deixe uma resposta