Autopeças brasileiras em Dubai

O Sindicato Nacional de Componentes para Veículos Automotores (Sindipeças) levou 22 fabricantes brasileiros de autopeças para a Automechanika Dubai, feira do setor que ocorreu nos Emirados Árabes de 7 a 9 de maio. Essa ação foi coordenada pelo projeto Brasil Auto Parts – Trusted Partners, parceria do Sindipeças com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil).

As empresas que apresentarão seus produtos no pavilhão brasileiro são Acumuladores Moura, Autimpex, Autolinea, Chiptronic, Controil, Durametal, Duroline, ECS-Krug, Fras-le, Fremax, Frum, Fundição Batatais, MIC, Riosulense, Shana, Suporte Rei, Suspensys, Taco-ar, Tecnomotor, Urba-Brosol, Zen e Zinni & Güell. Foi a décima primeira vez que a entidade participou dessa mostra.

Com a queda na produção de veículos no Brasil, as vendas para o mercado de reposição e as exportações − que representaram respectivamente 23,7% e 12,9% dos R$ 63 bilhões de faturamento das autopeças em 2016 – têm sido especialmente importantes para o desempenho do setor. No ano passado, os embarques brasileiros de autopeças somaram cerca de US$ 6,5 bilhões. Estimativas do Sindipeças indicam crescimento de 3,7% em 2017.

O Sindipeças é a entidade que representa a indústria de autopeças instalada no Brasil, independentemente da origem do capital. São cerca de 460 empresas associadas, localizadas em vários Estados brasileiros. Veja os principais indicadores do setor. A Apex-Brasil atua para promover produtos e serviços brasileiros no exterior e atrair investimentos estrangeiros para setores estratégicos da economia brasileira. Apoia atualmente mais de 12 mil empresas de 82 setores.

Deixe uma resposta