6 maneiras de competir por valor com seus concorrentes

Torne sua empresa uma máquina constante de inovações, tento internas, para melhorar processos e aumentar a eficiência/diminuir desperdícios, quanto externas, para atender o cliente cada vez melhor. A melhor maneira de fazer isso é aplicando a Questão Definitiva (De 0 a 10, qual a probabilidade de você nos indicar para amigos ou colegas?) e depois fazer a pergunta seguinte, ainda mais importante, para todo mundo que não lhe deu 10: “Por que você nos deu essa nota e o que podemos fazer para melhorá-la?” Ouça essas sugestões e coloque em prática! “Aprender como servir melhor aos clientes e depois colocar isso em prática é uma das maiores vantagens competitivas que qualquer empresa pode ter” (Jack Welch).

Nunca pare de vender sua empresa para seus clientes. Para criar a verdadeira lealdade entre seus clientes, é necessário que eles comprem sua empresa antes que adquiram seus produtos ou serviços. Porque se eles estão comprando apenas o que você vende, existem grandes chances de que não sejam fiéis. Se um cliente só comprou o seu produto/serviço, mas não comprometeu a fazer negócios com a sua empresa, você não pode dizer de verdade que se tem um cliente.

Se você tem concorrentes de preço baixo, procure evitar os seis grandes erros cometidos por empresas que investem em diferenciação.

1). Ofertar um produto ou serviço que, apesar de contribuir com um valor maior

Para a empresa, não é visto como tal pelos clientes e consumidores.

Ofereça mais benefícios por um custo menor para os seus clientes.

2). Exceder as necessidades dos compradores.

Crie um diferencial exclusivo do seu produto/serviço.

3) Precificar de maneira errada.

Mostre que o seu produto/serviço pode fazer pelo cliente no futuro, ele precisa sentir-se motivado para comprar de você.

4). Não compreender os custos envolvidos na diferenciação.

Dê ao cliente mobilidade e flexibilidade. Ofereça as informações, as habilidades e as ferramentas para ele assumir o controle do seu produto/serviço.

5). Não reconhecer segmentos de mercado.

Procure saber o que motiva os seus clientes a fazerem negócios com você e com seus concorrentes. Descubra o que eles valorizam e quais os benefícios são mais importantes.

6). Criar uma diferenciação que os concorrentes consigam imitar facilmente.

Aprenda a vender tempo, atenda com mais agilidade. Os clientes querem contratar você, rapidamente e sem perder a qualidade, é obvio.

(Fonte: Michale Porter)

Faça o pós-Não Venda. Descubra por que os clientes entram em contato com sua empresa, mas não fecham. Se você melhorar esse número, terá resultados absurdos imediatos na sua lucratividade.

André Silva é palestrante de Motivação e Vendas.

Deixe uma resposta