Montadoras dão férias a 18 mil funcionários

Trabalhadores das montadoras espalhadas por São Bernardo tiveram concedidas as férias coletivas de fim de ano. Dos 25,1 mil funcionários das quatro montadoras (Ford, Mercedes-Benz, Volkswagen e Scania), 18,1 mil ficaram em casa. Esse montante atua na linha de produção.

De acordo com o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, quem trabalha no chão de fábrica da Ford teve recesso por 11 dias (entre o dia 26 até 6), com retorno dos 2.500 colaboradores no dia 9. Na Scania foram 18 dias de descanso aos 2.000 funcionários (de 26 a 13 de janeiro), com volta programada para dia 16.

Os 7.000 trabalhadores da produção da Volkswagen ficaram em recesso do dia 23 até 3. No caso deles, desde o início do ano já compensaram os dias em que ficarão afastados.

A Mercedes-Benz concedeu 19 dias de férias coletivas aos 6.600 funcionários de sua produção, com saída dia 19 e retorno dia 8 do próximo mês. Ainda segundo o sindicato da categoria, os recessos serão realizados por áreas, e algumas terão períodos de descanso menores.

Deixe uma resposta