Produção de automóveis
tem alta de 9%

De acordo com os últimos dados divulgados pelo IBGE, no início de julho, a produção industrial brasileira cresceu 0,8% de abril para maio. O resultado positivo foi o segundo seguido. Segundo o instituto, todas as atividades econômicas e 17 dos 24 ramos pesquisados registraram crescimento, mas o destaque ficou para os 9% de alta na produção de automóveis e caminhões, taxa mais alta desde dezembro.

“Esse aumento da produção industrial precisa ser relativizado”, diz o gerente da pesquisa, André Macedo. “É claro que houve uma melhora de ritmo, mas ainda há um espaço importante a ser percorrido para a indústria recuperar as perdas do passado”, acrescenta o técnico. Ele informou que o setor está 18,5% abaixo do nível recorde de atividade, que ocorreu em junho de 2013.

Produção de automóveis puxa Setor de Autopeças para cima

Na comparação com maio do ano passado (4%), o IBGE apurou resultado positivo nas quatro categorias econômicas, em 18 dos 26 ramos, 51 dos 79 grupos e 59% dos 805 produtos pesquisados. A principal influência positiva também veio de veículos automotores, reboques e carrocerias (27,9%), “impulsionada, em grande parte, pelos itens automóveis, caminhão-trator, veículos para transporte de mercadorias, caminhões e autopeças”. O instituto destaca ainda equipamentos de informática, produtos eletrônicos e ópticos (crescimento de 25,9%) e máquinas e equipamentos (8,9%), entre outros.

Deixe uma resposta