Já imaginou baterias de carros recarregadas praticamente instantaneamente?

Uma tecnologia desenvolvida pelos pesquisadores da Universidade de Purdue poderia fornecer um método de “recarga instantânea” que seria seguro, acessível e amigável ao meio ambiente para recarregar baterias de veículos elétricos e híbridos através de um processo rápido e fácil.

A inovação poderia acelerar a adoção de veículos elétricos e híbridos, eliminando o tempo necessário para parar e recarregar a bateria de um carro elétrico convencional e reduzir drasticamente a necessidade de novas infra-estruturas para suportar as estações de recarga.

John Cushman, professor da Universidade de Purdue, de ciência atmosférica e planetária, apresentou os resultados da pesquisa “Reações de Redox em fluidos imiscíveis em meios porosos – aplicações de bateria sem membrana” na recente 9º Conferência Internacional da ‘International Society for Porous Media’ em Roterdã, Países Baixos.

“As vendas de veículos elétricos e híbridos estão crescendo em todo o mundo e a popularidade de empresas como a Tesla é incrível, mas continua a ter fortes desafios para indústria e consumidores de carros elétricos ou híbridos”, disse Cushman, que liderou a equipe de pesquisa que desenvolveu a tecnologia.

“O maior desafio para a indústria é prolongar a vida da carga de uma bateria e a infra-estrutura necessária para realmente carregar o veículo. O maior obstáculo para os motoristas é o compromisso do tempo para manter seus carros totalmente carregados”, afirmou o professor.

Cushman co-fundou Ifbattery LLC (IF-bateria) para desenvolver e comercializar a tecnologia, que poderia oferecer uma solução diferente para o problema dos carros elétricos atuais, que precisam de locais convenientes para portas de carregamento.

“Projetar e construir o suficiente dessas estações de recarga requer um enorme desenvolvimento de infra-estrutura, o que significa que o sistema de armazenamento e distribuição de energia está sendo reconstruído a um custo enorme para acomodar a necessidade de recarga de bateria local contínua”, disse Eric Nauman, co-fundador da Ifbattery e professor de engenharia mecânica, ciências básicas e engenharia biomédica na Purdue.

Fonte: Sciencedaily

Deixe uma resposta