Randon volta a apresentar indicadores positivos no semestre

A Randon S.A. encerrou o primeiro semestre de 2017 com indicadores mais positivos mesmo em um cenário de baixo crescimento. De um lado, houve aumento da produção de caminhões, especialmente suportada pela exportação crescente, o que beneficiou o segmento de autopeças. E de outro, embora o mercado de implementos ainda enfrente quedas tanto em produção quanto em vendas, a Randon ganhou participação de mercado graças à estratégia iniciada em 2016, com o lançamento de novos produtos como a basculante, e ao reforço em sua estrutura de vendas.

Entre os indicadores positivos estão a receita bruta total, com impostos e antes da consolidação, que somou R$ 1,0 bilhão no 2T2017, o que é 5,1% superior à receita apurada no mesmo período de 2016 (R$ 984,2 milhões). De janeiro a junho deste ano, entretanto, a receita bruta de R$ 1,9 bilhão foi 6,4% menor. A receita líquida consolidada, por sua vez, atingiu R$ 730,1 milhões, 4,8% acima do mesmo trimestre de 2016, mas 8,5% menor comparando-se o primeiro semestre de 2016 (R$ 1,4 bilhão) a igual período de 2017 (R$ 1,3 bilhão).

Deixe uma resposta