GM fecha trimestre positivo no Brasil pela 1ª vez desde 2014

Vendas da empresa na América do Sul cresceram 17,6% no período.

No balanço financeiro trimestral divulgado no dia 24 de outubro, a General Motors destacou que o terceiro trimestre foi o primeiro em que a empresa fechou no azul no Brasil desde o último trimestre de 2014. As causas, aparentemente, passam pela recuperação do mercado, no qual a empresa é líder, com 17,97% de participação e 282 mil 826 unidades vendidas, segundo dados da Fenabrave. Os números finais da operação brasileira não foram divulgados.

Na América do Sul a companhia conseguiu reduzir o prejuízo em US$ 210 milhões de janeiro a setembro, com US$ 90 milhões de perdas, contra US$ 300 milhões no mesmo período do ano passado. Avaliando apenas o terceiro trimestre a empresa lucrou US$ 52 milhões contra US$ 118 milhões de prejuízo na mesma base de comparação.

De janeiro a setembro a GM lucrou US$ 10,7 bilhões com suas operações no mundo todo, contra US$ 10,8 bilhões no mesmo período do ano passado. No terceiro trimestre o rendimento foi de US$ 2,7 bilhões contra US$ 3,8 bilhões na mesma base de comparação.

As vendas na América do Sul nos nove primeiros meses do ano registraram 487 mil 466 unidades, crescimento de 15,5% na comparação com o mesmo período do ano passado. No trimestre também houve aumento, de 17,6%, e 179 mil 421 veículos foram comercializados.

Globalmente a companhia vendeu 7 milhões de unidades no acumulado do ano, queda de 2,2% na comparação com período igual do ano passado. No terceiro trimestre a queda é de 3,1 %, com 2,3 milhões de veículos emplacados, no mesmo padrão de comparação.

Fonte: Boletim AutoData

Deixe uma resposta