Perspectivas de exportação de autopeças

O projeto Brasil Auto Parts, coordenado pelo Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores (Sindipeças), em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), realizou este mês a 10ª edição do Projeto Comprador. Foram realizadas 1.150 reuniões entre 97 fabricantes brasileiros, dos Estados do Paraná, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo, e 28 compradores de quinze países: Argentina, Chile, Colômbia, Egito, Emirados Árabes, Equador, Irã, Jordânia, Kuwait, Líbano, México, Peru, Rússia, Uruguai e Uzbequistão.

Durante os três dias de rodadas, dois em São Paulo (SP) e um Caxias do Sul (RS), foram fechados negócios de cerca de US$ 4,2 milhões. O volume de vendas projetado para os próximos doze meses é de mais de US$ 15 milhões. Os compradores estrangeiros também participaram de 102 visitas a vinte fábricas em São Paulo e no Rio Grande do Sul.

O Sindipeças é a entidade que representa a indústria de autopeças instalada no Brasil, independentemente da origem do capital. Representa cerca de 460 indústrias, localizadas em vários Estados brasileiros. Veja os principais indicadores do setor. A Apex-Brasil atua para promover produtos e serviços brasileiros no exterior e atrair investimentos estrangeiros para setores estratégicos da economia brasileira. Apoia atualmente mais de 12 mil empresas de 82 setores.

Deixe uma resposta