Brasil vai ampliar venda de veículos com novo programa paraguaio

Ministro Marcos Pereira participou em Assunção do lançamento do programa Vehículo 0km para la Familia Paraguaya

O ministro da Indústria, Comercio Exterior e Serviços, Marcos Pereira, participou no dia 28 de novembro, em Assunção, juntamente com o presidente do Paraguai, Horacio Cartes, do lançamento do programa Vehículo 0km para la Familia Paraguaya. “Lançamos hoje uma política automotiva cujo objetivo é oferecer para as famílias paraguaias opções de carro zero por menos de 10 mil dólares”, disse o presidente.

O objetivo é ofertar produtos novos, seguros e com qualidade, fabricados por grandes montadoras. O programa deve garantir financiamento, por meio do Banco Nacional de Fomento (BNF) do Paraguai, para cerca de 20 mil veículos num período de 12 meses. O governo brasileiro espera que entre 5 e 10 mil carros fabricados no Brasil sejam comercializados por conta do programa.

O acordo foi feito com montadoras instaladas no Brasil para a venda de cinco modelos populares – Renault Kwid, Fiat Mobi, Ford Ka, VW Gol e Chevrolet Onix. Para o ministro Marcos Pereira, essa iniciativa promoverá a renovação da frota paraguaia, trazendo mais segurança e tecnologia para a população do país vizinho.

“O programa representará uma maior aproximação dos setores automotivos e o início de uma futura integração produtiva do Mercosul, objetivo perseguido por todos os membros do bloco”, disse Marcos Pereira. “O programa será um sucesso e reafirmo o apoio do governo brasileiro a este programa que também é conhecido como ‘carro do povo’”, completou.

O ministro de Indústria e Comércio do Paraguai, Gustavo Leite, destacou a agenda de fomento comercial com o Brasil. “Queremos que a família Paraguai possa ter acesso a carros zero. Fizemos uma parceria com a indústria brasileira, com o Banco Nacional de Fomento sendo responsável pelo financiamento dos carros”. Gustavo Leite participa nesta terça-feira de uma reunião bilateral com o ministro Marcos Pereira.

Um dos pontos centrais do programa é que os carros zero têm garantia da montadora. O mercado paraguaio consome 80 mil carros por ano, desse total 60 mil são veículos usados importados de Japão, Estados Unidos e Coreia do Sul.

Intercâmbio comercial

No período entre janeiro e outubro deste ano as exportações brasileiras para o Paraguai cresceram 23,3% em relação ao mesmo período do ano anterior, passando de US$ 1,78 bilhão para US$ 2,19 bilhões. A participação do país manteve-se em 1,2%, posicionando-se como o 19º destino das exportações brasileiras neste ano.

No setor automotivo, entre janeiro e outubro de 2017, a corrente de comércio bilateral somou US$ 535 milhões (aumento de 63% em relação ao mesmo período do ano passado), com exportações no valor de US$ 370 milhões (aumento de 58,5%) e importações no valor de US$ 165 milhões (aumento de 68%).

No período, as exportações brasileiras de veículos (automóveis e comerciais leves, caminhões e ônibus) ao Paraguai foi de 10.915 unidades (US$ 121 milhões), o que representa um crescimento, em quantidade, de 235,9% com relação a igual período de 2016.

http://www.mdic.gov.br/index.php/noticias/2894-brasil-vai-ampliar-venda-de-veiculos-com-novo-programa-paraguaio

Deixe uma resposta