Autopeças brasileiras nos Estados Unidos

Os fabricantes de autopeças que integraram o estande coletivo do Sindicato Nacional de Componentes para Veículos Automotores (Sindipeças) na AAPEX 2017, feira ocorrida em Las Vegas (EUA) no início de novembro, projetam vendas de US$ 3,2 milhões nos próximos 12 meses. Foram realizados 365 encontros de negócios com representantes de EUA, Colômbia, Equador, Costa Rica, Guatemala, Honduras, México, Líbano, Bolívia, Panamá, Reino Unido, Líbia, Rep. Dominicana, Canadá, Uruguai, África do Sul e Venezuela.

Essa foi mais uma ação do projeto Brasil Auto Parts – Trusted Partners, parceria do Sindipeças com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). As exportações brasileiras de autopeças este ano devem totalizar cerca de US$ 7 bilhões, 6,7% mais que em 2016, segundo estimativas do Sindipeças.

Os quatorze expositores que participaram são Autolinea, DS, Duroline, Hipper Freios, Lontra, Luciflex, Mastra, Max Gear, Shana, Suporte Rei, Tecfil, Tecnomotor, Urba-Brosol e Vannucci.

O Sindipeças é a entidade que representa a indústria de autopeças instalada no Brasil, independentemente da origem do capital. Representa cerca de 460 indústrias, localizadas em vários Estados brasileiros. Veja os principais indicadores do setor.

A Apex-Brasil atua para promover produtos e serviços brasileiros no exterior e atrair investimentos estrangeiros para setores estratégicos da economia brasileira. Apoia atualmente mais de 12 mil empresas de 82 setores.

One thought on “Autopeças brasileiras nos Estados Unidos”

Deixe uma resposta