Películas de controle solar reduzem o calor
no interior de veículos

A utilização do produto ainda gera economia de combustível e, consequentemente, de gasolina

Viver em um país com altas temperaturas pode ser ainda mais difícil para quem passa o dia atrás do volante. Além do calor, o sol ainda pode causar queimaduras que levam ao câncer de pele. Outro problema é a utilização do ar-condicionado, que gasta mais combustível.

As películas de controle solar, quando aplicadas em vidros de automóveis, são capazes de diminuir a temperatura de seu interior e prevenir o câncer de pele. A Multifilmes, empresa que atua há quase 20 anos no setor de aplicação de películas, trabalha com produtos que oferecem conforto térmico ao motorista. Junior Ruciretta, fundador da empresa e especialista em aplicação do produto explica que as películas podem reduzir em até 60% a incidência de calor o veículo. “Quanto menor a incidência, menor o uso de ar-condicionado, gerando economia de combustível. As películas da Multifilmes, por exemplo, são capazes de reduzir em até 11 graus a temperatura no interior do automóvel”, explica.

Quanto mais frio o ar-condicionado, maior o gasto com combustível que, segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), sofreu aumento de valor pela 14ª semana seguida. “Quando o carro fica com a temperatura mais agradável, o motorista diminui a intensidade do ar ou acaba ficando com frio. Esse conforto térmico proporcionado pela película reduz o uso do ar-condicionado, exigindo menos do veículo e economizando combustível”, conta Junior.

As películas de proteção solar não precisam ser escuras e oferecem as mesmas vantagens em diferentes tonalidades, mantendo sempre total visibilidade do motorista.

Deixe uma resposta