Inflação de março fica abaixo do esperado

A inflação voltou a surpreender positivamente em março.

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) subiu 0,09%, o menor resultado para o mês de toda a série histórica, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O resultado ficou abaixo das estimativas de analistas do mercado financeiro ouvidos pelo Projeções Broadcast, que esperavam uma inflação média de 0,12%. Segundo economistas, o

Desempenho do índice de preços corrobora a expectativa de um novo corte de 0,25 ponto porcentual na taxa básica de juros na reunião do Comitê de Política Monetária do Banco Central marcada para maio. Com tantas surpresas em sequência, já há quem considere possibilidade de a inflação encerrar 2018 novamente no patamar de 3%, piso da meta de inflação perseguida pela autoridade.

Monetária. Em 2017, o IPCA foi de 2,95%, obrigando o presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, a se explicar em carta aberta ao então ministro da Fazenda Henrique Meirelles pelo descumprimento da meta.“É pouco provável que fique menor que a taxa de 2017, mas não dá para descartar ligeiramente abaixo de 3%. Já estamos com uma estimativa bastante

baixa. “Parte disso está relacionada com a dinâmica menos intensa da atividade econômica”, opinou o economista Helcio Takeda, da consultoria Pezco Economics, que espera um avanço de 3,08% no IPCA de 2018.

Fonte: O Estado de S. Paulo

Deixe uma resposta