Tesla alcança a produção para operar no azul

produção-montadoras-brasil

Um ano depois de começar a produzir o Model 3, seu primeiro carro de alto volume, a Tesla alcançou o ritmo de produção que planejava para o modelo, de 5 mil unidades por semana. Nos últimos sete dias de junho foram feitos, precisamente, 5.032 carros na fábrica da companhia na Califórnia. O CEO da montadora de veículos elétricos, Elon Musk, diz que este é o volume necessário para gerar fluxo de caixa e contribuir para que a companhia opere no azul.

Ainda que o volume tenha sido alcançado, as ações da marca seguem em baixa no mercado, com redução de 7,5% na bolsa de Nova York. Musk acredita que manter o ritmo daqui para frente será uma forma de convencer o mercado de que a Tesla é confiável.

Depois das semanas de correria para atender à meta de produção, a companhia interrompeu a operação por alguns dias na semana do feriado da independência dos Estados Unidos, no dia 4 de julho. Depois da pausa, a Tesla retomou as atividades e acelerou visando alcançar 6 mil unidades do Model 3 por semana no fim de agosto.

Apesar da abordagem inovadora do mercado de veículos, a Tesla só deve se provar uma montadora viável quando conseguir acelerar a produção para entregar volumes maiores do Model 3, que foi desenhado para ser o carro popular da marca, vendido por US$ 35 mil nos Estados Unidos. Até agora a fabricante acumula uma série de tentativas frustradas e prejuízos com o projeto, enquanto gerencia as filas de espera superiores a um ano dos clientes interessados em comprar o carro.

Deixe uma resposta