Vendas da Audi crescem 4,5% no primeiro semestre do ano

vendas-background-car

A AUDI AG entregou cerca de 164.000 automóveis premium para clientes em junho. Assim, as vendas registraram queda de 3,8% comparando com o resultado do mesmo período no ano passado. Nos Estados Unidos, as vendas da marca aumentaram 0,3% frente com o ano anterior. Como resultado, a Audi da América alcançou seu 90º recorde consecutivo no mês. Na China, as entregas não alcançaram o nível recorde de 2017 (-7,2%) devido às reduções tarifárias anunciadas. Na Europa, as vendas da Audi também caíram 1,8%no ano passado. Em todo o mundo e em todos os modelos Audi, as entregas aumentaram 4,5% desde o início do ano. Vendas acumuladas totalizam cerca de 949.300 unidades.

“Apesar do ambiente difícil, tivemos um bom desempenho graças ao desenvolvimento positivo na Ásia e na América do Norte no primeiro semestre do ano”, diz Bram Schot, CEO interino e membro da mesa de Vendas e Marketing na Audi AG. “Esperamos um segundo semestre desafiador, mas também empolgante, com mais trocas de modelos e apresentação do nosso primeiro modelo totalmente elétrico, o Audi e-tron”.

Nos Estados Unidos, o número de entregas em junho subiu 0,3% em comparação com o ano anterior. Com 19.471 unidades vendidas, o mês passado marcou o 90º recorde consecutivo do mês. A empresa continuou a crescer mês a mês e, desde o início do ano, entregou 107.942 automóveis, 4,8% a mais que o mesmo período de 2017.

Na Europa, a demanda de junho caiu 1,8% ano a ano para 78.750 carros. As vendas acumuladas na região, de 439.450 unidades, caíram 4,2% no ano. A Audi substituirá alguns modelos na Europa ainda neste ano, que representam cerca de um terço de suas vendas totais. Enquanto os recém-lançados Audi A7 (+41,7%) e A8 (+21,3%) atingiram um crescimento elevado no primeiro semestre do ano, a iminente transição da geração do A6 em particular, como um modelo popular da Audi para clientes de frotas, continuou para amortecer os números de vendas na região (-10,2%). O lançamento do mercado do A6 Sedan está próximo, enquanto o novo A6 Avant estará disponível nos revendedores europeus no final do verão.

2 thoughts on “Vendas da Audi crescem 4,5% no primeiro semestre do ano”

Deixe uma resposta