Medida contribui para a redução de vítimas fatais do trânsito

fatais-morte-pessoa-rua

Ao acompanhar as publicações pela imprensa de números sobre acidentes fatais no trânsito,  o OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária detectou uma boa notícia: as ações realizadas durante o Maio Amarelo em todo o Brasil têm contribuído para a redução do número de mortes em acidentes de trânsito. De acordo com informações das cidades que liberaram esse tipo de levantamento, houve relação direta entre as ações e a diminuição das mortes no trânsito.

O Movimento Maio Amarelo tem, ao longo dos seus cinco anos de existência, atingido a meta de reduzir os acidentes com mortos no país.

A redução chegou a 33% em Santo André (SP), conforme noticiou a imprensa local. A cidade do ABC paulista prioriza a educação e a medida tem dado bons resultados. O mesmo aconteceu em Campo Grande (MS), que reduziu em 28,5% o número de acidentes com vítimas fatais. Por lá, a campanha do Maio Amarelo é realizada desde 2015.

A Prefeitura de Acopiara (CE), através da Superintendência de Transporte e Trânsito (STtrans) fez um levantamento dos números de acidentes ocorridos no município entre julho de 2017 a maio de 2018, com o objetivo de mostrar a redução no número de acidentes no trânsito. De acordo com os dados fornecidos, em julho de 2017 aconteceram 80 acidentes de trânsito envolvendo veículos automotores e, em maio de 2018, houve uma redução significativa no número desses acidentes, totalizando 25 acidentes.

Deixe uma resposta