comércio externo ead-comércio externo salario-comércio externo curso
Últimas Notícias

Brasil facilitou comércio externo em 2018

O Brasil foi o país que mais medidas adotou para abrir seu mercado para produtos estrangeiros. Os dados foram publicados em dezembro pela Organização Mundial do Comércio (OMC), que destaca uma proliferação do protecionismo pelo mundo e alerta aos países para que tomem iniciativas para “desescalar” a tensão.

No total, o governo de Michel Temer adotou 16 medidas para facilitar o comércio, incluindo reduções de tarifas de importação, suspensão de certas barreiras e incentivos para exportadores. Em certos casos, os impostos de importação foram eliminados, como no caso de vacinas e outros remédios. Produtos químicos, bens de capital e outros setores também foram beneficiados.

 

Uma de cada dez medidas para facilitar o comércio no mundo em 2018 foi adotada pelo governo brasileiro.

A constatação é uma reviravolta profunda em comparação às conclusões que a OMC tirava sobre o comportamento do Brasil até 2014, quando o país liderava entre os governos que mais medidas protecionistas adotavam.

No período avaliado, o Canadá adotou apenas uma medida para facilitar o comércio. Na UE, também houve apenas uma iniciativa, contra seis na China. Nos EUA, foram duas medidas de abertura em todo o ano.

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

  Subscribe  
Notify of