Procura por caronas corporativas cresce 15%, mas Bynd recomenda home office

403

A plataforma de caronas corporativas Bynd registrou um aumento de 15% do volume de procura pela solução desde a última segunda-feira, quando as empresas começaram a adotar medidas mais agudas em relação à pandemia do Coronavírus (Covid-19). Entre outras razões, o COO da empresa, Leonardo Liborio, entende que o crescimento se deve a dificuldade de aplicar o home office em alguns casos.

Solução que conecta colaboradores da mesma empresa com rotas tem sido alternativa para quem não pode fazer home office, mas precisa evitar transporte público

“Acho importante reforçar que Bynd não está estimulando caronas nesse momento. Posto isso, as empresas cujas atividades não consigam parar totalmente estão avaliando alternativas de transporte e consideram a carona como uma possibilidade mais segura no momento. Trata-se de uma mudança de cultura e avaliação de novos cenários. Assim como a adaptação ao trabalho home office, carona é uma outra forma de se deslocar com menor exposição neste momento. Nessa situação, para evitar que seus profissionais utilizem transporte público, as empresas estão buscando a carona corporativa”, explica.

caronas corporativas

Liborio acrescenta ainda que o Bynd vai seguir operando durante a crise até como uma forma de participar da solução do problema, “mas a recomendação da empresa é que a melhor maneira de se prevenir do Coronavírus é não sair de casa”, diz. Neste contexto, a empresa divulgou um manifesto em suas redes sociais.

“Nosso apelo é que as empresas sigam todas as recomendações do Ministério da Saúde, estimulem o trabalho home office e que todos os colaboradores fiquem em suas casas. Se você não faz parte do grupo de risco, não tem problema: faça isso por seus entes queridos, amigos, colegas de trabalho, colegas de carona”, afirma um trecho do texto.

Compartilhando senso de responsabilidade

O aplicativo de caronas corporativas Bynd acredita que a cultura do compartilhamento é uma das chaves para uma sociedade melhor, mais leve e mais feliz.  Alguns têm de sobra o que falta para outros tantos. Por que não conectar esses dois pólos? Com os carros também é assim: em São Paulo, em média, cada automóvel, que conta com 5 vagas, carrega apenas 1,4 pessoa. E o destino é quase sempre o mesmo: o trabalho. Ou seja, carona corporativa faz todo o sentido para desconstruirmos o caos das nossas grandes cidades.

E a tecnologia está aí para isso: conectar pessoas dispostas a mudarem seus comportamentos e a resolverem problemas complexos, como o trânsito e todo o stress que ele nos gera. O Bynd se orgulha em fazer parte desse movimento tão importante para o nosso País.

No entanto, o momento exige ainda mais de nós: é hora de compartilhar bom senso, sensibilidade e compromisso com o próximo e com a sociedade. O Coronavírus, infelizmente, é uma realidade, e todas autoridades de saúde são unânimes ao afirmar que o isolamento é uma das ferramentas mais eficientes no combate a esta pandemia.    

Nosso apelo é que as empresas sigam todas as recomendações do Ministério da Saúde, estimulem o trabalho home office e que odos os colaboradores fiquem em suas casas. Se você não faz parte do grupo de risco, não tem problema: faça isso por seus entes queridos, amigos, colegas de trabalho, colegas de carona.

Se o seu ofício necessita que você esteja fisicamente presente no seu posto de trabalho, tente encontrar um meio de transporte sem aglomerações: a pé, de bicicleta, ou mesmo de carona. Nós do Bynd vamos seguir operando. Mas a melhor opção é mesmo ficar em casa. 

Para quem oferece ou pega carona, reforçamos todas as orientações de segurança: trafeguem de janela aberta, usem álcool gel para desinfetar mãos e antebraços, se cumprimentem sem apertos de mãos, beijos ou abraços; e, se for tossir, proteja a boca com o antebraço.  Se você

estiver com algum sintoma, pedimos, por favor, para não oferecer ou pegar caronas.

Compartilhando nosso senso de responsabilidade, toda a sociedade será capaz de ultrapassar essa fase. No fim das contas, é momento de fazer o que sempre fizemos: conectar pessoas por um bem comum.

Equipe Bynd

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.