Com qual combustível abastecer?

1217

É comum muitos motoristas chegarem ao posto de gasolina e surgir a dúvida entre qual combustível abastecer. Gasolina comum, aditivada ou premium, etanol comum ou aditivado? Qual escolher?

Para esclarecer as dúvidas mais frequentes que surgem na hora do abastecimento, Gilberto Pose, especialista em combustíveis da Raízen, licenciada da marca Shell, explica as diferenças dos combustíveis para que você posa escolher o mais indicado para o seu veículo.

Gasolina comum
No Brasil, pelas regras da ANP – Agência Nacional do Petróleo – toda gasolina vendida no país, seja comum e aditivada, devem conter 27% de etanol anidro, que é o etanol quase totalmente sem água. Para as gasolinas premium, o valor é de 25%.

O Etanol serve como um antidetonante da gasolina, fazendo com que ela entre em combustão no momento ideal, ajudando a melhor o desempenho.

Hoje, a gasolina comum e a gasolina aditivada vendidas no Brasil devem ter índice de octanagem de no mínimo 92 octanas RON. A octanagem é um número que indica a capacidade dos combustíveis de resistir a altas temperaturas e pressões na câmara de combustão do motor antes de detonar. Quanto maior a octanagem, maior a resistência à detonação e melhor o desempenho do veículo.

Gasolina aditivada
Diferente do que muitas pessoas acreditam, gasolina aditivada não aumenta a potência do motor, ela é apenas a gasolina comum que recebeu aditivos que ajudam a melhorar a performance e o rendimento do veículo, além de auxiliar na limpeza do motor.

“O abastecimento continuo com combustíveis aditivados evita o acúmulo de partículas que prejudicam o desempenho do motor, o que reflete em um veículo com menos problemas a médio e longo prazo”, afirma Pose.

Gasolina premium
Veículos com motores de alto desempenho, precisam de combustíveis com maior octanagem por terem maior potência. Para estes carros, o indicado é abastecer com gasolina premium, que possuem octanagem de no mínimo 97 RON. Se engana quem acha que vale a pena abastecer qualquer veículo com gasolina premium.

“Mesmo os motores de baixa cilindrada ou flex podem ser abastecidos com combustível de alta octanagem. O diferencial de performance, porém, é mais perceptível em veículos com motores de alto desempenho”, avisa Pose. Se você está na dúvida se a gasolina premium é indicada para seu carro ou moto, consulte o manual do proprietário

Etanol comum
Produzido a partir da cana-de-açúcar, o etanol hidratado tem cerca de 4,5% de água em sua composição e octanagem de 110 RON, superior à gasolina. Embora a alta octanagem mostre que o etanol resiste melhor à compressão do motor, melhorando sua potência, seu poder calorífico é cerca de 30% menor do que a gasolina. Ou seja, por gerar pouco calor e queimar rápido, o motor precisa de mais etanol para que a combustão aconteça, por isso seu consumo é maior.

Mas há outras vantagens do etanol. Pose explica que “por ser mais limpo que os combustíveis fósseis, o etanol ajuda a reduzir a formação de resíduos que prejudicam o motor. Ele também emite índices de CO2 menores do que a gasolina, poluindo menos o meio ambiente.”

Etanol aditivado
Como a gasolina, o etanol aditivado é o combustível comum que recebe aditivos para melhorar a performance e desempenho do motor. Mas se o etanol já é naturalmente mais “limpo” do que a gasolina, há vantagens na versão aditivada? sim!

combustível abastecer

“A sujeira acumulada nas válvulas de admissão e nos bicos injetores não é exclusivamente culpa do combustível. O lubrificante que circula no motor, seja na forma líquida ou em vapor de óleo, é um dos principais responsáveis por esses resíduos. Por isso, o mais indicado para motoristas de veículos flex que preferem etanol é abastecer com a versão aditivada”, explica  Pose.

Fonte: Raízen

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.