Dia Mundial Sem Carro

506

Hoje, dia 22 de setembro, é o Dia Mundial Sem Carro e diversas campanhas tomam forma para tentar, sobretudo, conscientizar a sociedade sobre os efeitos de um trânsito sobrecarregado sobre o meio ambiente e a saúde física, mental e até financeira da população. Ações pelo uso de bicicletas, transporte público e barreiras para evitar o tráfego de veículos particulares são algumas das principais pelo Brasil.

Um Dia Sem Carro

Apesar de prático, eficiente e cômodo, o automóvel particular é um meio de transporte de custo elevado: na conta entram impostos, combustível, estacionamento, seguro e custos de manutenção.

O carro também prejudica a saúde (por colaborar para o sedentarismo), o estresse e a intoxicação, segundo a Organização Mundial da Saúde. Cerca de 3 milhões de mortes por ano podem ter como causa a exposição à poluição.

vendas-background-car, Dia Mundial Sem Carro

O uso demasiado dos carros particulares provoca ainda congestionamentos, o que prejudica a produtividade e promove desgaste: 48% dos paulistanos gastaram, em 2015, pelo menos 2 horas por dia em seus deslocamentos, segundo pesquisa da Rede Nossa São Paulo.

Essas são as razões levantadas pelo movimento que propõe o Dia Mundial Sem Carro, celebrado no dia 22 de setembro há pelo menos 20 anos, em crescente número de cidades do mundo. A data, criada na França em 1997, incentiva o uso de meios alternativos de transporte e medidas de apoio para seus usuários, transporte público de qualidade, carona solidária e ciclovias.

 
Bloqueios em São Paulo 

A maior metrópole do país não poderia ficar de fora. Por isso, algumas vias do Centro Histórico de São Paulo estarão fechadas para carros e motos das 6h às 20h. O trânsito de ônibus, táxis e bicicletas não será afetado.

Faixas na região orientam os motoristas sobre os bloqueios, mas funcionários da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) estarão no local para garantir a segurança de todos.

Veja os locais que serão interditados:

Rua Boa Vista

Ladeira Porto Geral

Largo de São Bento

Rua Líbero Badaró

Viaduto do Chá e em trecho da Rua Florêncio de Abreu (entre a Ladeira da Constituição e a Rua Boa Vista)

Praça da Sé com Rua Venceslau Brás

Praça da Sé com Rua Floriano Peixoto

Rua Coronel Xavier de Toledo com Viaduto do Chá

Rua Florêncio de Abreu com Ladeira da Constituição

Fonte: EBC e Prefeitura de São Paulo

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.