Indústria automobilista supera desafios

412

A Indústria automobilista enfrenta um cenário de grandes desafios, e tem projetado para o fechamento do ano números próximos às projeções feitas pela organização.

Um levantamento divulgado pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos automotores – Anfavea – mostrou que em outubro o setor automotivo manteve sua recuperação com bons números de licenciamentos e produção.

Com produção de 236.468 autoveículos, o crescimento no setor chegou a 7,4% sobre o mês anterior, como queda de 18% comparado ao mesmo mês de 2019. No mercado interno, o mês fechou com 215.044 unidades licenciadas, aumento de 3,5% sobre setembro. Já a queda acumulada no ano chega a 30,4% em linha com os -31% predito pela Anfavea.

Com a retomada dos mercados vizinhos após a longa quarentena, as exportações tiveram uma visível reação, 14,3% em relação a setembro e 16,4% sobre outubro de 2019. Ao todo, foram enviados 34.882 autoveículos.

Indústria automobilista

“Os resultados de outubro revelam os esforços da indústria para atender ao crescimento da demanda em alguns segmentos do mercado”, ressaltou o Presidente da Anfavea, Luiz Carlos Moraes. “Temos muitos desafios para atingir uma recuperação mais vigorosa, como os novos protocolos das fábricas, a dificuldade de planejar o médio prazo, a alta dos custos e, recentemente, a falta de alguns insumos”, relatou o encarregado.

Menos afetado do que o setor de autoveículos, as máquinas agrícolas e rodoviárias registraram alta de 9% na produção.

Fonte: Anfavea

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.