IQA e Anfavea unem encontros da qualidade

421
IQA e Anfavea

O Instituto da Qualidade Automotiva (IQA) e a Associação Nacional das Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) irão promover em conjunto o 7º Fórum IQA da Qualidade Automotiva e o 16º Encontro da Qualidade Anfavea.

Os eventos serão realizados no Centro de Convenções Milenium, em São Paulo, no dia 16 de setembro.

Segundo Ingo Pelikan, presidente do IQA e gerente sênior de Gerenciamento de Fornecedores da Mercedes-Benz, as entidades decidiram realizar em conjunto os eventos porque são comuns os temas tratados nos encontros. Ainda foi considerada a representatividade do IQA para a Anfavea, que é entidade fundadora do Instituto e ocupa a presidência da Diretoria Executiva.

autoveículos-Veículos Automotores-anfavea-montagem-pessoa-unidades vendidas, IQA e Anfavea

A realização conjunta do 7º Fórum IQA da Qualidade Automotiva com o 16º Encontro da Qualidade Anfavea possibilitará unir os profissionais responsáveis pelas áreas da qualidade nas montadoras associadas com representantes de fabricantes de autopeças e outros elos da cadeia produtiva e do aftermarket.

“Essa união só enriquece as discussões de ambos os eventos”, afirma o executivo.

3 COMENTÁRIOS

  1. […] O Programa Rota 45 busca solucionar dificuldades enfrentadas pela reposição automotiva, tais como: • Baixa competitividade das microempresas de reparação de veículos e varejistas de autopeças, que resulta na imagem junto aos consumidores; • Risco de enfraquecimento das montadoras, indústrias, distribuidores, concessionárias, devido às constantes devoluções/garantias de autopeças; • Risco de transferência de investimentos para outros players como o comércio eletrônico, impactando a rentabilidade; • Existência de capacidade ociosa face às transformações da mobilidade, que precisa ser direcionada para esses novos tipos de consumidores; • Risco de não acompanhar o desenvolvimento de tecnologias que utilizam biocombustíveis e eletrônica, com impactos na cadeia produtiva. Luiz Sergio Alvarenga é diretor da Alvarenga Projetos Automotivos e Conselheiro do IQA […]

  2. […] O Programa Rota 45 busca solucionar dificuldades enfrentadas pela reposição automotiva, tais como: • Baixa competitividade das microempresas de reparação de veículos e varejistas de autopeças, que resulta na imagem junto aos consumidores; • Risco de enfraquecimento das montadoras, indústrias, distribuidores, concessionárias, devido às constantes devoluções/garantias de autopeças; • Risco de transferência de investimentos para outros players como o comércio eletrônico, impactando a rentabilidade; Todas as empresas que participam do aftermarket podem participar do Programa ROTA 45, basta entrar em contato com o Sindirepa-SP ou com Sincopeças-SP. • Existência de capacidade ociosa face às transformações da mobilidade, que precisa ser direcionada para esses novos tipos de consumidores; • Risco de não acompanhar o desenvolvimento de tecnologias que utilizam biocombustíveis e eletrônica, com impactos na cadeia produtiva. Luiz Sergio Alvarenga é diretor da Alvarenga Projetos Automotivos e Conselheiro do IQA […]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.