Isenção de IPI para veículos está na pauta da Comissão de Meio Ambiente

Comissão de Meio Ambiente

Isenção de IPI – A Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA) analisou, em 13 de setembro, 11 projetos de lei, entre eles, o que concede isenção de imposto nas operações com automóveis movidos a energia elétrica. A proposta tem relatório favorável, na forma de um substitutivo.

Apresentado pelo senador Eduardo Amorim (PSC-SE), o Projeto de Lei do Senado (PLS) 415/2012 isenta do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) os veículos movidos a energia elétrica e produzidos nos países do Mercosul. A alíquota desse tributo varia de zero a 25%, dependendo do modelo do automóvel. Pagam mais os veículos com potência superior a 2.0 e movidos a gasolina.

Já aprovado pela Representação Brasileira no Parlamento do Mercosul no ano passado, o projeto recebeu parecer favorável na forma de um substitutivo do relator na CMA, senador Paulo Rocha (PT-PA). O senador propôs um texto com dispositivos que evitem a perda de arrecadação de estados e municípios e que garantam que os fabricantes repassem para o preço ao consumidor a totalidade da isenção tributária.

Já aprovado pela Representação Brasileira no Parlamento do Mercosul no ano passado, o projeto recebeu parecer favorável na forma de um substitutivo do relator na CMA, senador Paulo Rocha (PT-PA). O senador propôs um texto com dispositivos que evitem a perda de arrecadação de estados e municípios e que garantam que os fabricantes repassem para o preço ao consumidor a totalidade da isenção tributária. Já aprovado pela Representação Brasileira no Parlamento do Mercosul no ano passado, o projeto recebeu parecer favorável na forma de um substitutivo do relator na CMA, senador Paulo Rocha (PT-PA). O senador propôs um texto com dispositivos que evitem a perda de arrecadação de estados e municípios e que garantam que os fabricantes repassem para o preço ao consumidor a totalidade da isenção tributária.Já aprovado pela Representação Brasileira no Parlamento do Mercosul no ano passado, o projeto recebeu parecer favorável na forma de um substitutivo do relator na CMA, senador Paulo Rocha (PT-PA). O senador propôs um texto com dispositivos que evitem a perda de arrecadação de estados e municípios e que garantam que os fabricantes repassem para o preço ao consumidor a totalidade da isenção tributária.Já aprovado pela Representação Brasileira no Parlamento do Mercosul no ano passado, o projeto recebeu parecer favorável na forma de um substitutivo do relator na CMA, senador Paulo Rocha (PT-PA). O senador propôs um texto com dispositivos que evitem a perda de arrecadação de estados e municípios e que garantam que os fabricantes repassem para o preço ao consumidor a totalidade da isenção tributária.

Isenção de IPI

5 Trackbacks / Pingbacks

  1. Dia Mundial Sem Carro - Jornal Brasil Peças
  2. Bridgestone celebra o dia mundial do meio ambiente – Jornal Brasil Mecânico
  3. Zona Franca do Espírito Santo - Jornal Brasil Peças
  4. Novo caminho para o varejo? - Jornal Brasil Peças
  5. Abrafiltros participa da Automec 2017 - Jornal Brasil Peças

Comentários não permitidos.