Isenção de IPI para veículos está na pauta da Comissão de Meio Ambiente

5
18
Comissão de Meio Ambiente

Isenção de IPI – A Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA) analisou, em 13 de setembro, 11 projetos de lei, entre eles, o que concede isenção de imposto nas operações com automóveis movidos a energia elétrica. A proposta tem relatório favorável, na forma de um substitutivo.

Apresentado pelo senador Eduardo Amorim (PSC-SE), o Projeto de Lei do Senado (PLS) 415/2012 isenta do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) os veículos movidos a energia elétrica e produzidos nos países do Mercosul. A alíquota desse tributo varia de zero a 25%, dependendo do modelo do automóvel. Pagam mais os veículos com potência superior a 2.0 e movidos a gasolina.

Já aprovado pela Representação Brasileira no Parlamento do Mercosul no ano passado, o projeto recebeu parecer favorável na forma de um substitutivo do relator na CMA, senador Paulo Rocha (PT-PA). O senador propôs um texto com dispositivos que evitem a perda de arrecadação de estados e municípios e que garantam que os fabricantes repassem para o preço ao consumidor a totalidade da isenção tributária.

Já aprovado pela Representação Brasileira no Parlamento do Mercosul no ano passado, o projeto recebeu parecer favorável na forma de um substitutivo do relator na CMA, senador Paulo Rocha (PT-PA). O senador propôs um texto com dispositivos que evitem a perda de arrecadação de estados e municípios e que garantam que os fabricantes repassem para o preço ao consumidor a totalidade da isenção tributária. Já aprovado pela Representação Brasileira no Parlamento do Mercosul no ano passado, o projeto recebeu parecer favorável na forma de um substitutivo do relator na CMA, senador Paulo Rocha (PT-PA). O senador propôs um texto com dispositivos que evitem a perda de arrecadação de estados e municípios e que garantam que os fabricantes repassem para o preço ao consumidor a totalidade da isenção tributária.Já aprovado pela Representação Brasileira no Parlamento do Mercosul no ano passado, o projeto recebeu parecer favorável na forma de um substitutivo do relator na CMA, senador Paulo Rocha (PT-PA). O senador propôs um texto com dispositivos que evitem a perda de arrecadação de estados e municípios e que garantam que os fabricantes repassem para o preço ao consumidor a totalidade da isenção tributária.Já aprovado pela Representação Brasileira no Parlamento do Mercosul no ano passado, o projeto recebeu parecer favorável na forma de um substitutivo do relator na CMA, senador Paulo Rocha (PT-PA). O senador propôs um texto com dispositivos que evitem a perda de arrecadação de estados e municípios e que garantam que os fabricantes repassem para o preço ao consumidor a totalidade da isenção tributária.

Isenção de IPI

5
Deixe um comentário

Deixe uma resposta

  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of

[…] sobretudo, conscientizar a sociedade sobre os efeitos de um trânsito sobrecarregado sobre o meio ambiente e a saúde física, mental e até financeira da população. Ações pelo uso de bicicletas, […]

[…] saudável para as gerações atual e futura. Uma das Áreas Prioritárias deste compromisso, Meio Ambiente, baseia-se em três princípios: trabalhar em harmonia com a natureza; conservar os recursos […]

[…] excluídos da isenção: armas e munições, veículos de passageiros (exceto ambulâncias, carros funerários, carros, […]

[…] Além das trocas desnecessárias que foram evitadas, gerando economia para os consumidores e para o meio ambiente, também faz parte do programa o encaminhamento correto de tudo aquilo que precisa mesmo ser […]

[…] Em 2016, a Abrafiltros esteve presente no IX Simpósio Internacional de Lubrificantes, Aditivos e Fluidos e também participou da Fenasan – Feira Nacional de Saneamento e Meio Ambiente, […]