Linha de bombas hidráulicas da SCHULZ completa um ano

1
40

Com produtos para os principais veículos comerciais SCHULZ

Após alcançar um grande sucesso como fornecedora de componentes para a manutenção de freios e suspensões pneumáticas, a Schulz apresentou seus primeiros modelos de bombas para direções hidráulicas na última Automec. Desde então, a novidade está cada vez mais presente nos varejos e oficinas especializadas em pesados e utilitários de todo o Brasil.

Evolução Acelerada

Com o lançamento constante de novos itens, a Schulz comemora o primeiro aniversário da linha com 74 referências. Ao todo, são quase 250 aplicações diferentes para caminhões, ônibus, picapes, sport utilities, vans e furgões da Agrale, Chevrolet, Citroën, Fiat, Ford, Hyundai, Iveco, Kia, Mercedes-Benz, Mitsubishi, Nissan, Peugeot, Renault, Scania, Toyota, Volkswagen e Volvo.

“Em poucos meses, passamos a oferecer uma das maiores linhas de bombas hidráulicas para veículos comerciais do mercado nacional. Agora, em contato com os nossos clientes, estamos identificando as particularidades das frotas de cada região para desenvolver muitos outros produtos ao longo do ano”, antecipa Renato Schmitt, gerente de aftermarket da Schulz.

SCHULZ – Sempre Atualizado

Os profissionais da reposição poderão conhecer todas essas novidades no catálogo eletrônico da marca, disponível na internet em www.schulzsa.com. O programa é instalado rapidamente, oferece diversas formas de consulta e reúne cerca de 400 peças diferentes, entre compressores, válvulas, servos, reguladores, cilindros, filtros, câmaras, catracas e bombas.

“Em poucos meses, passamos a oferecer uma das maiores linhas de bombas hidráulicas para veículos comerciais do mercado nacional. Agora, em contato com os nossos clientes, estamos identificando as particularidades das frotas de cada região para desenvolver muitos outros produtos ao longo do ano”, antecipa Renato Schmitt, gerente de aftermarket da Schulz.

1
Deixe um comentário

Deixe uma resposta

  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of

[…] rápida evolução da Schulz na reposição comprova que é possível pensar diferente e ter sucesso. Desde o início, muitos acreditaram no nosso projeto, mesmo quando era bem modesto. Hoje devemos […]