Mulheres na Reposição Delphi Technologies

3
10

Seguindo a série especial do Brasil Peças sobre mulheres em posição de destaque no Setor Automotivo, traremos, nesta edição, um pouco da história de Camila Rocha, coordenadora de Comunicação e Marca para a América do Sul da Delphi Technologies. Confira o que a profissional falou:

A entrada no Setor Automotivo

Camila Rocha: O meu pai trabalhou por 29 anos em uma grande montadora e sempre teve muito orgulho em pertencer a essa indústria. Minhas melhores memórias de infância eram as visitas que fazíamos à fábrica, pois lá eu conseguia entender como cada componente fazia diferença para o carro poder funcionar. Por isso, cresci com o desejo de trabalhar no mercado automotivo. Enquanto eu ficava mais velha, a paixão por carros foi aumentando e consegui meu primeiro estágio na Delphi, em 2012. Já comecei no setor de reposição, mas durante esses anos tive a oportunidade de transitar para o mercado original também. Isso me proporcionou uma experiência ainda melhor e abriu meus olhos para todas as oportunidades que a indústria automotiva oferece.

Os desafios enfrentados pelas mulheres

Camila Rocha: Acredito que por se tratar ainda de um mercado muito masculino, a maior dificuldade é sempre provar o seu potencial e qualidade do trabalho, expor as ideias de forma a serem aceitas e adaptadas para a realidade da empresa. Outro ponto que também é bastante desafiador é a questão da idade. Hoje, lidero a equipe de Marketing e Comunicação da América do Sul, porém tenho quase a metade da idade dos meus companheiros de gestão. Com isso, ao mesmo tempo que posso contribuir com um ponto de vista diferente, tenho ainda uma oportunidade incrível de me aperfeiçoar e aprender cada vez mais para continuar contribuindo com o desenvolvimento do setor.

 Camila Rocha, coordenadora de Comunicação e Marca para a América do Sul da Delphi Technologies

As diferenças do Setor

Camila Rocha: Na minha visão, a principal diferença é, com certeza, a velocidade. No setor de reposição você tem sempre que estar um passo à frente da necessidade do aplicador, tem que ser rápido em disponibilizar peças e equipamentos de veículos recém lançados, treinamentos e informações sobre as novidades do mercado e novas tendências.

A participação feminina no Setor

Camila Rocha: Eu vejo essa mudança de forma muito positiva e percebemos que as mulheres estão aumentando bastante a participação em cargos de gestão, mas também em cargos operacionais. Isso mostra que, independentemente do gênero, as empresas precisam saber aproveitar o melhor de cada profissional. Na Delphi, o ambiente favorece e proporciona que as mulheres não tenham qualquer receio em se arriscar, buscar novos desafios, aprender e se adaptar a diversas áreas, o que faz com que as oportunidades não parem de crescer e com que as mulheres ganhem cada vez mais espaço e respeito no trabalho.

Acompanhe um pouco mais sobre a participação das mulheres no Setor de Autopeças.

3
Deixe um comentário

Deixe uma resposta

  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of

[…] a edição especial do Brasil Peças que circulará na Automec, seguimos contando histórias de profissionais mulheres que chegaram ao Setor Automotivo e vêm fazendo a diferença. Neste mês, trazemos as experiências de duas executivas que estão […]

[…] e da essência de negócios, Amaury Oliveira, Diretor Executivo de Aftermarket América do Sul da Delphi Technologies, ressalta o espaço aberto para qualificação na feira. Oferecemos treinamentos diariamente que, […]

[…] e da essência de negócios, Amaury Oliveira, Diretor Executivo de Aftermarket América do Sul da Delphi Technologies, ressalta o espaço aberto para qualificação na feira. Oferecemos treinamentos diariamente que, […]