Presença brasileira na AUTOMECHANIKA bate recorde

262
AUTOMECHANIKA-presença-brasileira

Na feira de Buenos Aires, número de expositores no estande coletivo do Sindipeças cresce 165%, para 45 empresas

O estande coletivo organizado pelo Sindipeças para a Automechanika Buenos Aires, na Argentina, bateu recorde de participação de empresas brasileiras em eventos internacionais. Por meio do programa Brasil Auto Parts – Trusted Psrtners, realizado em conjunto com a agência de promoção de exportações Apex-Brasil, a entidade reuniu 45 fabricantes de autopeças no evento entre 7 e 10 de novembro, número que representa salto de 165% em relação aos 17 participantes na última edição da feira, em 2016.

Após 1,4 mil contatos comerciais realizados durante a Automechanika em Buenos Aires, também cresceu substancialmente a expectativa de negócios dos expositores para os próximos 12 meses, que preveem exportar US$ 1,67 milhão em peças para o mercado de reposição do país vizinho, expansão de 171% na comparação com o evento anterior.

A Argentina ocupa há vários anos o primeiro lugar na lista de destinos das exportações brasileiras de autopeças. De janeiro a setembro os embarques ao país somaram US$ 1,67 bilhão, 28,4% do total exportado no período por fabricantes de componentes instalados no Brasil.

A Automechanika Buenos Aires integra a lista de eventos globais organizados pela Messe Frankfurt e é um satélite da maior feira de autopeças do mundo, a Automechanika Frankfurt, também um dos alvos do programa Brasil Auto Parts. Este ano marcou a décima edição do evento na Argentina, que teve 451 expositores, 13% mais que os 398 de 2016, originados de 17 países. Eles ocuparam cerca de 35 mil m2 do centro de exposições La Rural na capital portenha, que recebeu 26.644 visitantes de 39 países.

O Brasil Peças, visitou a Feira, na Argentina, a convite do Sincopeças-RJ e seu presidente Rodrigo Moreira e fez parte de uma comitiva com alguns empresários reunidos pela entidade. Além de conhecer o trabalho realizado pelas empresas estrangeiras, muitas com sede no Brasil e operações também no país vizinho, os empresários brasileiros presentes puderam se aproximar buscando ações no mercado nacional.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.