Renault lança carsharing para funcionários do Sistema Fiep

  • Reserva é feita diretamente pelo aplicativo Renault mobility, já presente
  • em diversos projetos de CARSHARING RENAULT pelo mundo.
  • Projeto também prevê o desenvolvimento de pesquisa voltadas para a mobilidade urbana pela Renault e sistema FIEP, por meio do SENAI.
  • A Renault inaugura um novo projeto de mobilidade sustentável em Curitiba. Agora os funcionários do Sistema Federação das Indústrias do Paraná (FIEP) têm à disposição dois Renault Zoe 100% elétricos, um Kwid, um Sandero e um Captur Bose, para uso compartilhado. O carsharing é gerenciado por meio do sistema Renault Mobility, utilizado em diversos projetos da marca pelo mundo. No Brasil, o sistema está presente no carsharing interno da Renault para seus colaboradores desde 2018.

Veículos estão à disposição para uso compartilhado pelos colaboradores do sistema federação das indústrias do Paraná em formato station based (Baseado em estações).

“Queremos ser referência em projetos de mobilidade sustentável no país. Esta parceria com o Sistema Fiep é mais uma iniciativa importante para facilitar a vida dos colaboradores e difundir a solução de carsharing”, afirma Ricardo Gondo, presidente da Renault do Brasil.

O carsharing opera no modelo de estações, em que os funcionários retiram e devolvem os veículos em locais determinados, e podem fazer livre uso dos automóveis durante o período de reserva. Por meio do aplicativo é possível visualizar a disponibilidade dos veículos e fazer a reserva. O tempo de utilização dos carros é livre, podendo variar desde minutos até dias, em qualquer dia da semana.

Inicialmente, o sistema possui duas bases: Sistema Fiep – Campus da Indústria (Av. Com. Franco, 1341 – Jardim Botânico) e Celso Charuri (Rua Paula Gomes, 270 – São Francisco). Para a recarga dos veículos, o Sistema Fiep possui um eletroposto com garagem fotovoltaica.

Para o presidente do Sistema Fiep, Carlos Valter Martins Pedro, “Mais do que oferecer um benefício aos colaboradores, a parceria com a Renault é importante para os esforços de pesquisa em mobilidade que a entidade vem desenvolvendo. O Sistema Fiep vem se dedicando a pesquisas em áreas inovadoras como inteligência artificial e ciência de dados. Com o Renault Mobility, pretendemos avançar ainda mais também nos estudos sobre mobilidade inteligente e sustentável”, afirma.

Estudos demonstram que projetos de mobilidade como esse diminuem a frota em até 30%, reduzindo o número de veículos. O sistema de compartilhamento também auxilia o trânsito nas cidades, reduzindo o número de veículos em circulação.

A Renault passa a oferecer este tipo de solução para empresas que têm interesse em implementar um sistema de carsharing no formato B2B. As empresas interessadas podem entrar em contato com a equipe Renault pelo e-mail: mobilitybrasil@renault.com.

Expertise do Sistema Fiep
O Sistema Fiep, por meio do Senai Paraná, é uma referência em projetos com foco em mobilidade inteligente e eletromobilidade. Nesse sentido, o Instituto Senai de Inovação em Eletroquímica, em Curitiba, apoia o desenvolvimento de produtos e processos inovadores para a indústria automotiva com foco em baterias, sensores eletroquímicos, tintas inteligentes e revestimentos industriais. Além disso, o Sistema Fiep inaugurou, em 2018, o primeiro Centro de Mobilidade Sustentável e Inteligente do país, cuja missão é acelerar o desenvolvimento de competências com foco em eletromobilidade para os profissionais das indústrias.

Renault Lab
Em 2019, a Renault inaugurou uma unidade do Renault Lab na unidade do Sistema Fiep da CIC, em Curitiba. O espaço, que faz parte do ecossistema de inovação da Renault, tem foco no desenvolvimento de tecnologias voltadas à mobilidade sustentável, com ênfase em veículos elétricos. O espaço opera conectando profissionais, empresas, investidores e universidades na busca por soluções sustentáveis para mobilidade elétrica.

Renault, referência em mobilidade zero emissão
Pioneira na tecnologia para veículos elétricos, a Renault também é referência em projetos envolvendo mobilidade zero emissão com quase 8 mil veículos 100% elétricos sendo compartilhados em diversas cidades do mundo. Em Madrid, capital da Espanha, o projeto Zity disponibiliza 650 Renault Zoe em formato de compartilhamento, com reserva feita diretamente pelo aplicativo. O Zity também está presente na França, nas cidades de Paris e Clichy, onde 500 Zoe estão disponíveis para locação em formato de carsharing e podem ser reservados 24 horas por dia durante os 7 dias da semana.

Além dos projetos de compartilhamento de veículos, a Renault também possui projetos de Smart Island, ilhas funcionais, inteligentes e eco-friendly. Em Belle-Ile-En-Mer por exemplo, 18 Zoe e 2 Kangoo Z.E. transitam pela ilha em um serviço de carsharing e aluguel, movidos a energia solar e com sete pontos de recarga espalhados pela ilha. O projeto também faz a utilização de segunda vida de bateria. A ilha de Porto Santo, em Portugal, é outro exemplo de Smart Island. Por lá, 14 Zoe e 6 Kangoo Z.E. circulam e atuam como armazenadores da energia solar e eólica em parte do dia, impedindo que a energia gerada seja inutilizada ou descartada.

No Brasil, a marca também desenvolve diversos projetos de mobilidade zero emissão. Em Fernando de Noronha, seis veículos 100% elétricos são usados pela administração e circulam pela ilha, sendo 3 Zoe, 2 Twizy e 1 Kangoo Z.E.. Em evento realizado em 2019, o governador de Pernambuco, Paulo Câmara assinou um decreto válido a partir de 2022, que permite apenas a entrada de novos veículos 100% elétricos em Fernando de Noronha.

Por meio dos projetos VEM DF e VEM PR os servidores públicos do Distrito Federal e do Paraná tem à disposição para uso compartilhado 16 Twizy e 10 Zoe, respectivamente. Os projetos foram desenvolvidos pela ABDI, em parceria com o Governos locais e o PTI.

Outra solução de Mobilidade Zero Emissão, em São Paulo, é oferecida pela Beep Beep, que disponibiliza mais de 30 Renault Zoe para uso compartilhado, com a reserva realizada diretamente por meio de um aplicativo.

Por meio de um acordo de cooperação técnica com Itaipu e PTI, a Renault atua no desenvolvimento de tecnologia nacional e de projetos envolvendo veículos elétricos. A parceria busca o desenvolvimento de soluções, ferramentas e inovações para o setor de eletromobilidade. O Renault Twizy já é utilizado pela Itaipu em sistema de carsharing com o aplicativo desenvolvido pelo próprio PTI específico para esta aplicação.

O Zoe é líder de vendas na Europa. No Brasil, mais de 300 veículos 100% elétricos Renault circulam pelo país, comercializados a clientes finais ou presentes em projetos de mobilidade e na frota de empresas e instituições pioneiras como: Itaipu, FedEx, MRV Engenharia, Companhia Paulista de Luz e Força (CPFL), Grupo TPC, Beep Beep entre outras.

Sobre o Grupo Renault
Montadora de automóveis desde 1898, o Grupo Renault é um grupo internacional presente em 134 países, tendo vendido quase 3,8 milhões de veículos em 2019. O Grupo emprega atualmente mais de 180.000 colaboradores, tem 40 unidades industriais e 12.700 pontos de venda espalhados pelo mundo.

Para responder aos grandes desafios tecnológicos do futuro e manter sua estratégia de crescimento rentável, o Grupo se apoia no desenvolvimento internacional, na complementariedade de suas 5 marcas (Renault, Dacia, Renault Samsung Motors, Alpine e LADA), nos veículos elétricos e em sua inigualável aliança com a Nissan e a Mitsubishi Motors. Com uma escuderia 100% Renault participando do Campeonato Mundial de Fórmula 1 desde 2016, a marca faz do automobilismo esportivo um verdadeiro vetor de inovação e notoriedade.

carsharing

Sobre o Sistema Fiep
O Sistema Fiep é composto pela Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), Serviço Social da Indústria (Sesi), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e Instituto Euvaldo Lodi (IEL). As instituições trabalham integradas em prol do desenvolvimento industrial. Com linhas de atuação complementares, realizam a interlocução com instâncias do poder público, estimulam o fomento de negócios nacionais e internacionais, a competitividade, a inovação, a tecnologia e a adoção de práticas sustentáveis, e oferecem serviços voltados à segurança e saúde dos trabalhadores, à educação básica de crianças, jovens e adultos, à formação e aperfeiçoamento profissional, à formação de nível superior, além de capacitação executiva.