Com novo Actros, Mercedes-Benz sobe – a régua

1
163
Mercedes-Benz

Com o lançamento do novo Actros que começa agora a ser fabricado no Brasil, a Mercedes-Benz renova sua imagem e segue a concorrência sueca mais de perto, subindo a régua com adição de tecnologia, sistemas de segurança ativa, conectividade e promessa de até 12% de economia de combustível, além de custo de manutenção cerca de R$ 6 mil por anos mais baixo do que os principais concorrentes. Para Philipp Schiemer, presidente da empresa no Brasil, o lançamento “é o início de uma nova era da marca, com o primeiro caminhão digital do País”, disse o executivo.

“Quando cheguei em 2013 o maior desafio era recolocar a Mercedes-Benz no alto da preferência dos clientes, principalmente no mercado de pesados. Desde então estamos fazendo isso e o novo Actros está no topo dessa estratégia. Ele é a base que vai apoiar nosso avanço para o futuro”, afirma Philipp Schiemer.

O novo Actros consumiu parte significativa do investimento de R$ 1,4 bilhão já aplicado desde o ano passado pela Mercedes-Benz do Brasil para instalar linhas de manufatura 4.0 e renovar todo o portfólio de produtos no País.Não é uma simples cópia do modelo que começou a ser vendido na Europa em junho passado, mas um caminhão que foi desenvolvido pela engenharia local em paralelo com projeto europeu.

“Começamos a desenvolver aqui em 2013 com o objetivo de lançar na Fenatran de 2019, quase ao mesmo tempo com a Alemanha. Queríamos que o Brasil fosse compatível com a tecnologia global. Por isso o Actros brasileiro é uma combinação do que há de mais moderno em tecnologia com a robustez necessária para atender a diversidade e severidade das estradas brasileiras”, explica Schiemer.

Com essa estratégia, o novo Actros já nasce com grau de nacionalização maior do que a geração anterior. O caminhão agregou novos fornecedores à Mercedes a intenção é nacionalizar mais. Uma das ações nesse sentido será localizar a partir de janeiro próximo a São Bernardo a produção da caixa de câmbio automatizada, atualmente importada de Detroit, Estados Unidos. A fábrica brasileira inclusive deverá exportar esta transmissão para outras unidades do grupo no mundo.

1
Deixe um comentário

Deixe uma resposta

  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of

[…] do júri internacional, Gianenrico Griffini, resumiu os votos de todos os colegas: “Com o Novo Actros, a Mercedes-Benz lançou um caminhão altamente moderno para as nossas estradas, que prepara o […]